segunda-feira, 13 de junho de 2016

Haatchi & Little B, Wendy Holden

Opinião:
Esta dupla foi conhecida através do canal TVI e contaram parte da história do Haatchi, mas como sou muito cusca, decidi comprá-lo, e comprei a um bom preço na loja converts, mas pus na estante e dizia que tinha que ler em casa, porque ainda chorava baba e ranho.
É uma história bastante triste, da desumanidade das pessoas em relação aos animais. Custa-me imenso ver os animais abandonados nesta altura só porque as pessoas querem tirar férias e não os querem levar, mas esta tocou-me imenso, deixar um animal amarrado a uma linha de comboio era mesmo para o matar... Enfim, não sei o que se passa na cabeça destas pessoas para fazerem uma atrocidade destas. Mas o que vale é que é encontra a familia do little b, e ganha um novo contorno. Ainda bem que há pessoas assim que fazem tudo pelos animais.

Sinopse:
Numa noite gelada em Janeiro de 2012, Haatchi, o cão, foi atingido na cabeça e abandonado numa linha de comboio de ferro para ser atropelado por um comboio. O maquinista viu demasiado tarde o adorável pastor-da-anatólia de cinco meses. De alguma forma, o aterrorizado cachorrinho sobreviveu à perda de sangue da pata e cauda parcialmente cortadas e conseguiu rastejar para um lugar seguro. Felizmente, Haatchi é resgatado, embora os veterinários não tenham conseguido salvar-lhe a pata e a cauda. Um apelo no Facebook chamou a atenção de um casal de bom coração, Colleen Drummond e Will Howkins, que também são o pai e a madraste de Owen ( conhecido na família como Little B, ou seja Little Buddy «amiguinho»). Um olhar para o focinho expressivo de Haatchi disse-lhes tudo o que precisavam de saber e o sortudo cão mudou-se para casa da família Howkins apenas seis semanas depois de quase ser morto. Owen, agora com oito anos, tem uma doente genética rara que faz com que  os seus músculos estejam permanentemente tensos. Em grande parte confinado a uma cadeira de rodas, era um menino reservado e ansioso com dificuldade em fazer amigos. Mas quando Owen acordou na manhã depois de Haatchi chegar, apaixonou-se imediatamente pelo cão mutilado que, por sua vez, acabou por salvá-lo.

Sem comentários:

Enviar um comentário