domingo, 18 de novembro de 2018

A fonte silenciosa de Victoria Fox

Opinião
Este livro será certamente um dos melhores que li em 2018.
Um romance gótico, com muito mistério, suspense, drama e romance.
Um entrelaçar de duas historias de duas mulheres com muito em comum mas que terão um final muito diferente. 
Um livro que nos deixa completamente viciadas e onde consegui imaginar tantos finais alternativos que daria para um sem numero de livros diferentes.
Uma coisa é certa, esta historia ficará para sempre gravado na minha memória.
Uma historia de arrependimentos que nos lembra que temos de viver a vida de forma intensa e sem arrependimentos!
Espero que editem mais livros desta escritora em português 

Sinopse
Lucy Whittaker é o centro das atenções... mas pelos piores motivos. Está prestes a tornar-se a mulher mais odiada de Inglaterra e precisa desesperadamente de sair de Londres, onde, aliás, já não lhe resta nada. Perdeu o emprego, os amigos, a casa... perdeu-o a ele... A sua vida, tal como a conhecia, acabou. Em desespero, Lucy responde a um anúncio de emprego numa mansão isolada na Toscana. O que pode ser mais perfeito do que um esconderijo italiano? Mas o imponente e misterioso Castillo Barbarossa revela ser bem mais do que o paraíso de isolamento pelo qual Lucy ansiara. Do sótão vêm sons estranhos; a silenciosa fonte do pátio nunca chega a secar, e por que motivo é que a proprietária da casa nunca aparece? À medida que os dias passam e as noites escondem mais e mais inquietações, Lucy dá por si a investigar a casa, os seus segredos... e a trágica história de amor cujo eco se faz ainda sentir. 
A Fonte Silenciosa é um romance repleto de emoção, surpresas, traição e escândalos. É um livro que vai permanecer consigo, mesmo nos momentos em que não o está a ler...

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Duas Verdades e Uma Mentira de Riley Sager


Opinião:
Estreia com esta escritora e digo-Vos que fiquei muito bem impressionada. Um livro de suspense, que nos prende desde a primeira página.
Emma, a personagem principal deste livro, fica presa a uma situação traumática da sua adolescência, quando estava num campo de férias e as companheiras de cabana desparecem... é uma situação que não consegue deixar de pensar e a atormenta, motivo pelo qual quando convidada a voltar ao mesmo local acaba por aceitar. A sua intenção é resolver este mistério, se possível, e sobretudo resolver esta questão dentro dela própria. Culpas, acusações, mistérios, pistas, amores e desamores, tudo se conjuga para criar uma historia com um final soberbo. Aconselho a quem gosta do género.



Sinopse:
Há quinze anos, Emma Davis estava num campo de férias com amigas. Era a sua primeira vez e estava a divertir-se. Até à noite em que três delas, Vivian, Natalie e Allison, desapareceram. Nessa noite, a última lembrança de Emma foi ver Vivian a fechar a porta da cabana onde as quatro dormiam e a pedir-lhe silêncio.

Agora, Emma é uma pintora conhecida. Desenha florestas tenebrosas, com folhas e galhos entrelaçados a criarem efeitos espantosos. O que os compradores dos seus quadros não sabem é que, por detrás das suas composições, Emma desenha sempre formas espetrais de meninas vestidas de branco, que depois cobre de tinta.

Quando recebe um convite para ser orientadora de arte no mesmo campo, que vai reabrir tanto tempo depois, Emma aceita. Ao chegar, no entanto, tudo parece estranho.

Há uma câmara apontada à sua cabana. Ninguém ali parece confiar nela.
Quando começa a encontrar pistas deixadas por Vivian, Emma apercebe-se de que algumas mentiras não podem ficar enterradas.

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Ariadnis de Josh Martin


Opinião:
Devo confessar que fiquei um pouco confusa no início deste livro, levei algum tempo a entrar na história e a distinguir e entender as personagens.
Depois de um início "complicado" lá consegui entender um pouco melhor estas meninas.
Por um lado temos Joomia, uma escolhida sensível, medrosa e pouco confiante e do outro Aula, uma escolhida forte, destemida e incontrolável.
Não posso dizer que o livro me encheu as medidas, estava à espera de algo mais, mas também não posso dizer que não gostei, acho que tenho um mix de sentimentos.
Quanto às personagens, gostei delas, ambas trouxeram coisas diferentes à leitura mas ao mesmo tempo eram tão parecidas que dei por mim a confundi las de vez em quando.
Foi um livro bom, de uma leitura boa :) 

Sinopse:
Nós viemos depois do cometa.
Nós sobrevivemos à grande onda.
Nós somos as escolhidas.


Depois de o mundo antigo ter desaparecido, restou apenas uma ilha. Os seus habitantes formaram duas cidades, separadas por Ariadnis, uma terra divina. Mas as diferenças entre os povos de Metis e Athenas rapidamente os conduziram à guerra.

Perturbado por este conflito, o ser divino de Ariadnis decreta que em cada uma das cidades nascerá um Escolhido. Dotados de poderes especiais, os dois Escolhidos irão confrontar-se no dia do seu décimo oitavo aniversário, num desafio mortal e misterioso que decidirá qual o povo mais digno de habitar a ilha.

Aula e Joomia são as Escolhidas e resta-lhes apenas um ano até ao dia do grande confronto. Ambas preferiam ter uma vida normal, mas os seus destinos estão traçados, e nesta jornada não há espaço para a amizade nem tempo para o amor.
Só uma reclamará o prémio final de Ariadnis.


terça-feira, 6 de novembro de 2018

Prestes a Sair: A hora má: o veneno da madrugada de Gabriel García Márquez

Prestes a Sair: 20/11/2018
Editora: Dom Quixote
Sinopse:


A um povoado perdido na América do Sul chegou a hora má dos camponeses, a hora da desgraça. Certo amanhecer, enquanto o Padre Ángel se prepara para celebrar a missa, ouve-se um tiro na aldeia. Um comerciante de gado, informado da infidelidade da mulher por um papel colado na porta da sua casa, acaba de matar o seu presumível amante. É um dos pasquins anónimos cravados durante a madrugada nas portas das casas, que não são panfletos políticos mas apenas denúncias sobre a vida privada dos cidadãos, e que nada revelam que não seja do conhecimento de todos há algum tempo. São os velhos boatos que agora se tornam públicos: traições amorosas e políticas, assassinatos, segredos de família envolvendo filhos bastardos e romances escusos. Todos se sentem atingidos e ameaçados, dos cidadãos mais eminentes aos mais humildes. Todos parecem ter algo a esconder e a revelar. Qualquer habitante pode ser o autor dos bilhetes ou a próxima vítima. Este romance foi adaptado ao cinema pelo realizador brasileiro Ruy Guerra.

Prestes a Sair: A Imperatriz Romanov de C. W. Gortner

Prestes a Sair: 12/11/2018
Editora: TopSeller
Sinopse:

Uma mulher governa sempre. 
Mesmo quando está nos bastidores do trono.
Um belíssimo romance, com vislumbres da história da Europa desde o final do século XIX até meados do século XX. Acompanhando a vida de Maria Feodorovna, a mãe do último czar da Rússia, viajamos dos opulentos palácios de São Petersburgo aos campos de batalha da Primeira Guerra Mundial. Desde a corte da Rainha Vitória até à ruralidade russa dominada pelos Bolcheviques.
Depois de Alix, a sua querida irmã mais velha, ter desposado um dos príncipes de Inglaterra, Minnie percebe que terá destino semelhante. Apesar da sua relutância, casa-se com Alexandre, o herdeiro do trono dos Romanov, ascendendo a imperatriz.
Com a morte do seu marido, o filho Nicolau torna-se czar da Rússia, e, com esse poder, chegam os conflitos. A mulher de Nicolau, fortemente influenciada por Rasputine, é apenas uma das ameaças que Minnie, agora Maria Feodorovna, tem de enfrentar para proteger o seu filho e o seu império.
Quando ecos da revolução começam a chegar ao palácio, a Imperatriz Romanov prepara-se para enfrentar o seu maior desafio.

Prestes a Sair: Light Years de Kass Morgan

Prestes a Sair: 12/11/2018
Editora: TopSeller Bliss
Sinopse:

Quatro jovens cadetes têm nas mãos o destino do Sistema Solar.
Até agora, apenas os habitantes do planeta Tri podiam frequentar a exclusiva Academia da Frota Quatra, a escola de oficiais. Pela primeira vez, serão admitidos candidatos de outros planetas. Uma oportunidade única para vários jovens escaparem a uma vida sem esperança.
Cormak, do planeta tóxico Deva, é obrigado a trabalhar para um dos maiores criminosos do sistema solar. Entrar na Academia pode ser a sua salvação. Vesper, a ambiciosa tridiana, preparou ?se a vida inteira para chegar a capitã de esquadrão, mas ao ser suplantada por um desconhecido a sua carreira fica em risco. Arran, do gelado planeta Chetire, vê na Academia uma oportunidade para escapar ao trabalho nas minas. Mas a sua paixão por um rapaz tridiano vai trazer uma nova luta à sua vida. Orelia esconde um segredo: ela está infiltrada na Academia com uma missão, e a vida de todas as pessoas da escola dependerá de si.

Prestes a Sair: A Vendedora de Azevinho de Dilly Court

Prestes a Sair: 13/11/2018
Editora: Quinta Essência
Sinopse:

É Véspera de Natal. O vento faz rodopiar a neve sobre as ruas de Londres. À porta de uma casa em Angel Lane, uma bebé abandonada, embrulhada numa manta, aguarda a sua sorte… 
Angel, cujo nome se deve à rua onde é encontrada, parece destinada a ter uma vida miserável. Embora seja acolhida numa casa cheia de amor, um cruel golpe do Destino atira-a novamente para as ruas da cidade, onde todos os dias luta para sobreviver.
E agora que o Inverno se aproxima, Angel treme de frio enquanto tenta vender azevinho a quem passa, na esperança de que alguém se compadeça dela. Podia estar mais confortável, pois possui uma jóia valiosa – um anel de ouro e rubi que vinha escondido na sua manta de bebé – mas prefere morrer à fome a abdicar do único laço que a prende às suas misteriosas origens …
A Vendedora de Azevinho marca a aguardada estreia da autora bestseller Dilly Court em Portugal. Um romance pleno de ternura, perfeito para as longas noites de Inverno.