quarta-feira, 16 de maio de 2018

E Se Fosse Verdade... de Marc Levy

Opinião:
Este livro já tem alguns anos, foi feito um filme sobre ele, que eu adorei na altura.
Entretanto comecei a ler este livro e pensei, já li mas não me lembro da capa.
Aos poucos percebi que afinal tinha visto o filme e nunca li o livro, ambos estão muito giros, mas acho o livro muito mais completo e tem as duas facetas.
A faceta divertida e aquela mais intensa(amorosa), gostei imenso de ler este livro.
Para mim os livros são sempre melhores que os filmes, são sempre mais completos.

Sinopse:
O que é que faria se encontrasse uma desconhecida... no armário da sua casa de banho? 
E se ela - por sinal, uma mulher bastante atraente - aparecesse e desaparecesse como um fantasma? E se ela lhe dissesse que teve um acidente de carro e que o seu corpo está, há meses, em coma, num hospital do outro lado da cidade?
Certamente que o seu primeiro impulso seria pensar que está a enlouquecer (ou a lidar com uma louca). Mas... e se fosse verdade?
E se esta fosse a grande oportunidade de encontrar o amor da sua vida?
Uma inesquecível história de amor, uma aventura tão emocionante quanto divertida, uma narrativa cativante que invoca a nossa capacidade ilimitada de seguir o que nos dita o coração.

terça-feira, 15 de maio de 2018

As Inseparáveis de Kristin Hannah

Opinião:
Este livro está excelente para mim, excepto que o achei grande demais.
Até percebo o porquê de ele ser tão grande, mas foi muito dificil de entrar nas partes interessantes.
Comecei a ler e por volta da página 103 parei, deixei de lado mais de dois meses e agora voltei a pegar nele.
Desta vez foi muito mais fácil e amei a história destas duas amigas e de todas as peripécias que passam, no fim chorei que nem uma Madalena Arrependida...
Recomendo paciência para o principio desta história, não desistam porque vale bem a pena ler.

Sinopse:
Aparentemente não há duas pessoas mais diferentes: Kate, condenada a ser pouco popular, com uma família que adora. Tully, envolta em glamour e mistério, mas com um segredo que a destrói. Fizeram o pacto de serem grandes amigas para sempre. Eram “a-Tully-e-a-Kate”. Inseparáveis. Durante trinta anos conseguem superar todos os obstáculos, mas uma traição põe à prova a sua coragem e a amizade.

segunda-feira, 14 de maio de 2018

O Duque Mais Perigoso de Londres de Madeline Hunter

Opinião:
Para mim não foi dos melhores livros desta autora, embora gostasse dele.

Para mim faltou qualquer coisa que não me puxou para dentro da história e não me convenceu.
Adorei a personagem femenina(Clara) que tem uma personalidade muito forte e não se deixa enganar facilmente.
Não é a tipica personagem delicada e obediente que vemos normalmente nas histórias e só por isso gostei do livro.
Sinceramente não é um mau livro, mas também não foi uma história que me seduzisse.

Sinopse:
Três duques pecaminosamente atraentes, três corações prestes a encontrar os seus parceiros. Toda a sociedade londrina está em suspenso com o regresso de França do escandaloso duque de Stratton. A sua reputação precede-o e sussurra-se que procura vingança pela morte do seu pai. Quando conhece Clara Cheswick, a bela e rebelde filha do homem que suspeita ser seu inimigo, o desejo complica o objetivo do duque. Clara pode ser a mulher que deslumbra Stratton, mas ela está mais interessada em publicar o seu jornal feminino do que em ser seduzida — especialmente por um homem que dizem estar sedento de vingança. No entanto, com o seu faro para uma boa história, Clara questiona-se se ele será sincero no seu desejo de justiça.
Deixar-se arrebatar pelo duque tem provavelmente perigos que não antecipa, mas quem diria que seria tão divertido ser cortejada pelo perigo?

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Uma Duquesa (Im)Perfeita de Tessa Dare

Opinião:
Achei este livro tão engraçado e perfeito para mim, consegui sentir que estava dentro da história o que é excelente.
Griffin acha que consegue dar a volta à mãe dele e arranja a noiva menos adequada que existe.
Pauline é uma jovem criada que precisa de dinheiro para abrir uma loja e sustentar a irmã.
Griffin faz um acordo com ela em troca do dinheiro, tem de falhar o treino para Duquesa, mas Pauline tem uma maneira de ser muito especial(teimosa).
Amei Pauline e a sua maneira de ser, embora Griffin não fique atrás, história super fofa mas muito divertida.

Sinopse: 
Spindle Cove é uma pequena vila de jovens solteiras. O sítio perfeito para encontrar uma noiva. Griffin York, o Duque de Halford, não tem qualquer intenção de se casar, mas a sua diabólica mãe obriga-o a escolher uma noiva entre as jovens de Spindle Cove. Griff decide dar uma lição à mãe que acabará de vez com a sua obstinação: a jovem que escolhe para casar é uma criada.
Pauline Simms é uma mera criada, mas tem sonhos mais altos, que não envolvem casar. É, por isso, a escolha perfeita para o duque de Halford. Sobrecarregada de trabalho e vivendo com dificuldades, Pauline sonha deixar de ser criada e abrir uma biblioteca, o que parece poder tornar-se realidade quando Griff lhe propõe uma pequena fortuna por uma simples missão. Terá de submeter-se ao «treino para duquesa» da mãe e… falhar redondamente. Conseguirão eles manter-se fiéis às suas convicções?
Griff nunca pensou que Pauline, uma mulher tão imperfeita à primeira vista, fosse, afinal, tão corajosa e encantadora. Já Pauline está determinada a ser um completo fracasso perante a sociedade londrina, mas é-lhe difícil ceder aos encantos do duque.
Serão eles capazes de resistir às reviravoltas do destino?

Prestes a Sair: Mulheres da Noite de Sara Blaedel

Prestes a Sair:  21-05-2018
Editora: TopSeller
Sinopse:

Ninguém sabe exatamente quem é a mulher que aparece degolada numa das zonas mais mal frequentadas de Copenhaga. Quando a inspetora Louise Rick chega ao local, rapidamente percebe que se trata de uma prostituta. Na Dinamarca, no entanto, a prostituição é legal e não anda de mãos dadas com o crime. Quem estará, então, por detrás desta morte? Isso é o que a imprensa quer saber, eo caso torna-se rapidamente mediático.

Quando Louise recebe um telefonema da sua amiga jornalista Camilla Lind, pensa que ela quer informações acerca do crime. Mas o que Camilla lhe quer contar é que encontrou um bebé embrulhado numa toalha, no interior da igreja que frequenta. E o bebé não tinha um dos dedos do pé.

Estarão ambos os casos relacionados? Conseguirá Louise resolvê-los aos dois? E será que o que está a acontecer em Copenhaga tem ramificações ainda maiores?

Sara Blædel consegue, com o talento a que nos habituou, entrelaçar duas narrativas intensas e emocionantes, com Camilla Lind a surgir como a companheira perfeita para a nossa já bem conhecida Louise Rick.

Prestes a Sair: Viver na Flauta de Aurélie Valognes

Prestes a Sair:  15-05-2018
Editora: 4 Estações
Sinopse:

Autora revelação, o seu primeiro romance Méme dans les orties tornou-se rapidamente num best-seller em França e Inglaterra, publicado agora pela 4 Estações em Portugal com o título Viver na Flauta.

Um romance repleto de vida que vai fazê-lo sorrir do princípio ao fim. Ferdinand Brun é um homem estranho. Não tira prazer de estar vivo, e permanece obstinadamente aborrecido. Ele passa o tempo a planear as partidas mais malvadas para aborrecer as pessoas que o rodeiam. Mas um dia as coisas mudam e a sua única amiga, Daisy, a cadela, desaparece.

A vida de Ferdinand desmorona. Quando Juliete, de 10 anos e Béatrice, a mais moderna das avós, entram no seu mundo, Ferdinand dá por si a ter de aceitar todas as mudanças radicais...

Prestes a Sair: Tenho de Saber de Karen Cleveland

Prestes a Sair:  15-05-2018
Editora: Planeta
Sinopse:


Ao perseguir uma célula de agentes russos adormecidos em território americano, uma analista da CIA descobre um terrível segredo. Vivian Miller é uma dedicada analista de contra-espionagem que tem por missão descobrir os chefes das células de agentes adormecidos a operar nos Estados Unidos.

Ao aceder ao computador de um possível operacional russo, Vivian tropeça num ficheiro secreto sobre agentes infiltrados em território americano. Depois de mais alguns cliques, tudo aquilo que para ela é importante - o trabalho, o marido e até os quatro filhos - se encontra ameaçado.

Karen Cleveland, a autora do fenómeno editorial do momento, trabalhou para a CIA como analista durante oito anos, os últimos seis ligados ao contraterrorismo.