segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Bom Demais Para Ser Verdade de Kristan Higgins

Opinião:
O que não me ria com este livro, é um livro tão leve e romântico que nos faz querer encontrar uma pessoa assim. Juro-vos! Palavra de Viciada! Embora o fim tenha sido um pouco apressado, mas garanto-vos que para além das tropelias da Grace na busca do seu homem perfeito, e quando ele aparece ela não quer acreditar, ou pelo menos não quer que isso aconteça, mas o inevitável acaba mesmo por acontecer e aquela pessoa, que nos via todos os dias, acaba por dizer que afinal gosta de nós. Ohh Tão fofinho :D Leiam por favor e depois digam aqui à Viciada se não é bom!

Sinopse:
Prémio RITA para Melhor Romance Contemporâneo
Poderá o homem errado ser a alma gémea que ela procura?
Grace é perita em inventar namorados imaginários. Muito mais do que um escape para a sua vida tristonha, é uma forma de lidar com problemas e pretendentes indesejados. Mas tudo se complica quando Grace vai a um casamento e o pior acontece: além de o seu ex-noivo também estar presente ? mas agora como namorado da sua irmã mais nova ?, a família começa a pressioná-la para arranjar marido. Correndo o risco de ser apresentada a um qualquer infeliz escolhido pela mãe, Grace recorre ao velho truque e? inventa o namorado perfeito! Tão perfeito, que agora até a família o quer conhecer!
Mas quem será este príncipe encantado? Uma coisa é certa, terá de ser o oposto do carrancudo Callahan O?Shea, vizinho de Grace. Com um passado obscuro e um feitio insuportável, ele nunca poderia ser seu namorado. Se bem que Grace não se importaria de ter alguém com os mesmos atributos físicos de Callahan? Ou o mesmo sentido de humor? Ou o seu coração meigo?
Não! O terrível Callahan não é o homem perfeito que Grace tem em mente. Mas há algo que a inquieta?
Se ele é tão errado, porque é que tudo encaixa tão bem quando estão juntos?
 

Intocável de Tahereh Mafi

Opinião:
Começo por dizer que não gostei deste livro, e o quanto ouvi falar bem dele, não sei se foi por começar numa fase em que não me apetecia ler, mas li umas 30 a 50 páginas e a história não me puxou. É capaz de vir a pegar novamente no livro e tentar livro, mas acho pouco provável, sinceramente. É um livro futurista, e que não me atrai este tipo de livros...

Sinopse:
Autora bestseller do New York Times e do USA Today

Tenho uma maldição.
Tenho um dom.
Sou um monstro.
Sou um ser humano.
Sou uma arma.
Sou uma lutadora.

O mundo está em colapso. As doenças dizimam a população, a comida escasseia, os pássaros não voam e as nuvens têm a cor errada. E, com apenas 17 anos, a Juliette está presa por homicídio. Na verdade, ela tem um poder incrível que mais se assemelha a uma maldição? O seu toque pode matar.
Perante a eclosão de uma guerra, o Restabelecimento vê nesse poder letal um dom. A Juliette não é apenas uma alma atormentada dentro de um corpo venenoso, mas uma arma imprescindível para a manutenção da ordem.
Só que esta extraordinária rapariga já escolheu o seu próprio caminho. Após uma vida sem liberdade, ela encontra por fim a força necessária para lutar e reagir ? e tentar construir um futuro com o amor da sua vida, um rapaz que ela julgara ter perdido para sempre. Conseguirá a Juliette sair vitoriosa?
Um livro imperdível para os fãs das sagas Crepúsculo e Jogos da Fome.
 

Book Of Lies de Teri Terry

Opinião:
Duas gémeas que desconhecem que existiam. Uma vive com a avó, a outra vive com a mãe, até ao dia em que a mãe tem um acidente e acaba por morrer. Ambas querem perceber o porquê de terem sido separadas à nascença, e com isto, há um role de acontecimentos que pode ditar a descoberta do mal que existe numa delas e por assim descobrir que uma foi a causadora da morte da mãe delas. É um livro interessante, que já tinha pegado nele, mas não andava numa boa fase para ler, e resolvi dar uma nova oportunidade a esta autora, que já tinha adorado ler a triologia que ela escreveu. 

Sinopse:
Conta uma mentira e as trevas encontrar-te-ão. Quinn e Piper são gémeas, mas nunca se conheceram.
Um acontecimento trágico reúne-as e arrasta-as para uma maldição familiar que se estende ao longo de séculos. Uma das gémeas pode comandar as trevas; a outra pode conter a chave para quebrar a maldição.
Mas, quando as mentiras se tornam verdade e a verdade parece mentira, em quem se pode acreditar?
Um poderoso novo thriller de TERI TERRY, autora da trilogia SLATED, bestseller internacional

A Cereja Dela de Penelope Bloom

Opinião:
Entre ter lido A Banana dele e ter lido A Cereja Dela, é inevitável não fazer comparações, o primeiro tem mais lado de comédia, em que nos faz rir, neste segundo, começa com o William a perguntar pela cereja dela, não tendo (pelo menos para mim) tanta piada como consegui rir no primeiro livro. Gostava muito que a Quinta Essência lançasse os restantes, que poderão ter mais piada (ou não) mas, sendo que, há mais livros da autora, que pudessem publicar e não deixar uma colecção incompleta...

Sinopse:
William
Como é que a conheci a Hailey?
Bem, um cavalheiro não se deve gabar...
Felizmente, de cavalheiro não tenho nada.
Primeiro, paguei para ter a cereja dela.
A seguir, desflorei-a.
Depois disso? Deixei-lhe o meu cartão de visita e saí cheio de atitude.
Pode dizer-se que houve ali faísca...

Hailey
Como é que conheci o William? Ele entrou na minha confeitaria, comprou uma tarte de cereja, roubou uma jarra de flores (ainda não percebi porquê) e deixou-me o cartão dele.

Antes que vos diga o que fiz ao cartão, quero esclarecer um ponto:
O William não podia ter aparecido num momento pior.
A confeitaria estava a falhar. O meu horrível “ex” não me deixava em paz. Ah, e eu era uma virgem de 25 anos, o que fazia de mim alvo do massacre dos meus amigos…

Resolver esse probleminha com o William seria como matar uma mosca com um martelo. Um tanto excessivo…mas…tão bom. William era super sexy - a ponto de levar as mulheres a fazerem tolices. A ponto de me provocar pensamentos parvos… Por isso…liguei-lhe.
Talvez tenha sido um erro. Talvez estivesse a abrir a porta a um desastre.
Percebi logo que estava em apuros quando ouvi a sua risadinha sensual ao telefone e ele disse: “Fazes entregas em casa?”
 

Cinder de Marissa Meyer

Opinião:
Bom, para poder completar o desafio literário proposto pelas Viciadas, este livro está (pelo menos para mim) como autora nascida no mesmo ano/mês. Já me tinham falado muito bem deste livro, mas comecei a ler e eu (para que saibam) tento ler até às 100 páginas, se o livro não me puxa até às 100 páginas, não vale a pena insistir muito mais porque acabo por odiar o livro. Se li cerca de 80 páginas deve ter sido muito. Sabem a história da Cinderela? Agora imaginem como robô... Pois, por ser demasiado futurista para mim, não consegui ler mais... Não foi para mim um bom livro...

Sinopse:
Com dezasseis anos, Cinder é considerada pela sociedade como um erro tecnológico. Para a madrasta, é um fardo. No entanto, ser cyborg também tem algumas vantagens: as suas ligações cerebrais conferem-lhe uma prodigiosa capacidade para reparar aparelhos (autómatos, planadores, as suas partes defeituosas) e fazem dela a melhor especialista em mecânica de Nova Pequim. É esta reputação que leva o príncipe Kai a abordá-la na oficina onde trabalha, para que lhe repare um andróide antes do baile anual.
Em tom de gracejo, o príncipe diz tratar-se de «um caso de segurança nacional», mas Cinder desconfia que o assunto é mais sério do que dá a entender.
Ansiosa por impressionar o príncipe, as intenções de Cinder são transtornadas quando a irmã mais nova, e sua única amiga humana, é contagiada pela peste fatal que há uma década devasta a Terra. A madrasta de Cinder atribui-lhe a culpa da doença da filha e oferece o corpo da enteada como cobaia para as investigações clínicas relacionadas com a praga, uma «honra» à qual ninguém até então sobreviveu. Mas os cientistas não tardam a descobrir que a nova cobaia apresenta características que a tornam única. Uma particularidade pela qual há quem esteja disposto a matar.

Adorada Até Quinta de Catherine Bybee

Opinião:
Adorei a dinâmica entre Gabriella e de Hunter. Ela viúva, ele têm de casar para não ter problemas na Justiça, junta-se o útil ao agradável. Ambos não começam da melhor forma, fazem um acordo para que ambos não tenham problemas, mas sendo mais do que óbvio, os opostos atraem-se e de que maneira. A parte do odeio-te, amo-te entre estes dois até foi engraçada, mas achei que houve mais palha do que acção, a meu ver claro. Adoro esta autora, o que não gosto é que demorem tanto tempo a lançar o livro e que não seja por ordem, por acabamos por perder um pouco o fio da meada.

Sinopse:
Gabriella Masini: Ela é uma mulher atormentada pelo seu passado, com cicatrizes a prová-lo. Acha que os contos de fadas são para os outros. Junta homens e mulheres romanticamente na agência Alliance, dedicando-se aos clientes mais importantes. Mas algo não bate certo com o seu cliente mais recente: um multimilionário terrível cheio de segredos. Quando Gabi se recusa a ser sua esposa temporária, Hunter obriga-a a aceitar com uma oferta irrecusável. Mas o casamento com um homem desses nunca poderia durar... ou poderia?

Hunter Blackwell: A sua conta bancária é a única coisa maior do que sua implacável capacidade de conseguir tudo aquilo que quer. Hoje em dia, ele tem um motivo secreto para se acalmar, pelo menos por um tempo e acha que a sensual e atrevida Gabi se vai encaixar perfeitamente. Mas, quando seu casamento de conveniência se torna perigoso, Hunter deve decidir até onde vai cumprir o seu voto de honrar e proteger Gabi para sempre.

Ao Teu Lado de Ana Ribeiro

Opinião:
A Autora cedeu-nos este livrinho para que pudéssemos dar a nossa mais honesta opinião e, sendo óbvio, gostamos de ler autores portugueses e dar a oportunidade a quem escreve em Portugal do que autores estrangeiros, embora sejam os que têm mais saída e são os que acabamos por acompanhar mais depressa. Infelizmente, em termos de tempo para ler este livrinho adorável, não foi muito, mas decidida, agarrei no livro e comecei a ler. Fiquei apaixonada pela história e o fim soube-me a pouco, transmiti também a minha opinião à autora, dizendo-lhe que espero por uma continuação destes dois que me ficaram na memória :D

Sinopse:
Ana e Miguel conhecem-se, por acaso, enquanto crianças. Durante umas férias de verão, percebem que apesar das diferenças que os separam, têm muita coisa em comum e descobrem juntos a essência de uma amizade imaculada.
Mas à medida que crescem, os dois percebem que manter a sua proximidade é uma batalha árdua. E quando menos esperam, Ana e Miguel descobrem que o tempo acabou por engrandecer aquilo que sentem. Os sentimentos mudam, tornam-se mais fortes e explodem num amor desmedido e assolapado. “Ao teu lado” marca o regresso da romancista Ana Ribeiro com uma história de amor que é também uma ode às amizades verdadeiras.